de Stefan Duncan Gallery

4.11.06

isto hoje é, mesmo só de caminho


by Simon Lyutakov

há tempos em que torcemos os caules das plantas para ter água. quem não foi ao deserto ainda não (e saliento o ainda) sabe que é assim.

para nós a água veio sem controlo. o homem a descontrolou. pois que a repare!

a maioria das terras inundadas conheço-as eu bem. conheço o meu país.

mudo de rumo. faço agulha para o deserto onde a água sempre faz milagres. pouca que seja a água ou restos dela, deixados em qualquer planta caridosa, antecipada aos tempos, é sagrada. e assim tem de passar a ser. para nós também.


Ashley Crombet-Beolens.

esta madrugada uma ave cantou a anunciar-me que era tarde (ou cedo?) para dormir. era o melro de todos os meus caminhos até hoje.

não é tarde. e eu sigo o meu percurso, curto já, na esperança de encontrar uma ave que cante no deserto, e acredito: há.

at tomuphoto

hei-de sonhar os melros no deserto que criamos, dia a dia.


Comments:
Obrigada pela constância da presença mesmo a, para muitos, invisível.

Amanhã já terei condições para lhes fazer uma visita.

A partir de hoje, tentararei, mesmo que não escreva, deixar-vos um pouco do estado de mim.

Bjs.

:)
 
weg

lindo...uma homenagem as águas...
preciosa água para nossas vidas.

beijos carinhosos

della
 
não tenho vindo muito por não puder

pelo que vejo tens andado doente, espero que as tuas melhoras venham rápidas

o que seria de nós sem a água...

um deserto

:)
 
duas realidades afins

o deserto

e a água

iguais

à falta que a tua escrita nos faz

e a alegria do reencontro mesmo quando de passagem

um beijinho Weguinha ( grande )
 
Estou preocupada...Não com a água, mas contigo.
E tenho saudades.
Beijinhos ( as melhoras)
 
Olá Pessoal!

Bom,
Nada de preocupações desnecessárias. Ok?

Talvez cansaço da Net,
De vez em qd dava-me e fazia outro blog. Desta decidi manter este rumo. Talvez mais silencioso, por vezes.

Em falta? estou com todos. Perdoem.

Amanhã ponho as visitas em dia senão me der uma coisa má no entretanto ;)

Começo por ti, Girassol, que a minha quemadre, tem tempo mais livre.

Bejes lindas Senhoras.

:)
 
weguinha

compreendemos o cansaço que as vezes a net dá....relaxe miga
e volta quando estiveres disposta.
nós esperaremos...sempre.

um bom domingo
beijos em carinho

della
 
Ufffffffff......(suspiro)
Espero...paciente...
E estou mais descansada, se fôr apenas cansaço da net...
Beijinho
 
Olá Weg.
Sabes que vivo no paradoxo, do Deserto ser a minha casa e eu ser água se alguem tem sede...vou enviar-te mais Ardila e Guadiana......
Beijo
 
não resisto a deixar.te este paralelo

"a vida é uma autêntica feira popular" - dizia .a vertigem da montanha russa era a sua metáfora de estimação

pensa nisso!

um grande bêje ,Quemadre!
 
só hoje cheguei aqui (mas recuso-me a ser incluida nas senhoras,ora bolas, sou uma caturra!)

até que enfim que te leio!!

(mas eu espreito!)

beijos, vou ao de cima
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Divulgue o seu blog!

Estou no Blog.com.pt

blogwise

Creative Commons License
Esta obra está¡ licenciada sob uma Licença Creative Commons.