de Stefan Duncan Gallery

10.10.06

nevoeiro

by Robert Minnick

esta noite tive uma insónia mas uma insónia boa. daquelas sem angústia sem ansiedade. calma. uma simples falta de sono à noite.

o rio corria manso, sem sofrer sobressaltos de pedras ou de chuvas violentas. só rãs mochos e o impossível silêncio total que o campo tem. deixei-o correr entre os meus dedos. contei os sim e os não da minha vida pela água que batia no indicador ou no polegar.

veio a manhã e mal a vi chegar tanto o nevoeiro. tinha de partir. adivinhei a chuva como sempre. demoraria ainda mas não a ponto de me distrair e me perder ali.

Jerry Dodrill

mas bem dentro de mim crescia outra vontade minha, a de me perder e ficar a contemplar a paz do rio na hora em que o sol nasce, mesmo se não se vê.

contrariada ou não subo a encosta do monte e fico um pouco mais a pensar quem ganhou, se os sim ou os não que disse neste mundo.

posso sorrir agora porque venceu o sim.


Comments:
weguinha


muito bom ler-te hoje...muito bom mesmo.

continua sorrindo.

beijos carinhosos

della
 
antes assim

___________jamais o NIM____________

____( gosto de te dizer olá! )_____
 
este post tem para mim tudo a ver com a nossa conversa de hoje, mas no meu caso, foi o não que ganhou.

obrigada pelo teu sim constante, amiga

um beijinho,

alice
 
Com este som as tuas palavras tiveram outro sabor.

Coitados dos NÃO, olha que são tão importantes como os SIM, para a próxima tenta criar um empate técnico!

Kiss, até outro instante...
 
cá para mim (na minha pequenina vida) não há SIM e NÂO, há caminho!

:) por coincidência, conheço uma pessoa que quando vai ao meu blog costuma dizer isso... (isto são reticências)

Por coincidência, essa pessoa é mais velha do que eu, logo tem mais experiência e maturidade, e costumo (imagina!) lê-la com atenção. hum....

curioso.

O que pensa a weg disto? será que os novos não devem ouvir os mais velhos anymore????

(uma caturra de crista bem levantada, pescoço bem levantado, de ar curioso, olhando para todo o lado, procurando respostas respostas respostas...)

Bom... vou De Caminho!

é bom ler-te (fujona!!!!)

Bejes!!!
 
ainda bem
de algum modo é um balanço positivo

"a de me perder e ficar a contemplar a paz do rio na hora em que o sol nasce, mesmo se não se vê. "
é verdade é uma hora linda, quase mágica, seja no rio, no mar, ou no cimo de uma serra.

:)
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Divulgue o seu blog!

Estou no Blog.com.pt

blogwise

Creative Commons License
Esta obra está¡ licenciada sob uma Licença Creative Commons.