de Stefan Duncan Gallery

6.9.06

adormeci ao sol. sonhei o mal.

by Dave M

aonde irão vocês se as cercam mais? a que céu ou inferno apelarão?

não gritem. não enrouqueçam. eles não ouvem. nunca sabem ouvir. se nem aos deles escutam porque haviam de ouvir a voz das árvores que respiram?

fujam! arranquem as raízes e corram! o fogo vem aí!
eles ateiam fogos... porque querem! porque sim. por vingança contra outro homem. pela beleza, pelo gosto de ver todo aquele encarnado-alaranjado tom. corram! fu...jam...

felizmente desperto. estou ofegante. arde-me o peito num sufoco aflito.

tudo queimava em volta. eu podia sair dali mas elas não.

Vaclava Svobodova

enrolo-me na areia da margem. é segura. não me sentia tão pequenina assim, há muito tempo.

a humanidade enlouqueceu e eu sei isso.

não posso fazer nada. é o que mais dói.

posso. consegui um pouquinho nos meus filhos. eles escolhem o mar. protegem-no. amam. procriam.

eles, são.


earth jj andre

quero alegrar-me de novo. sacudir de vez o pesadelo e seguir o caminho deste rio ou de outro qualquer rio, que os amo a todos.

mas a terra mãe definha já dentro e fora de mim e do meu cérebro cansado.

quem sabe foi apenas um pouquinho de sol a mais?

volto para a sombra e limpo do rosto as lágrimas que não sei chorar.


mãe!


Comments:
weg

...mãe. gosto daqui me põe a pensar...nada pronto ...dou evasão a minha imaginação por que traços caminhos. seu olhar...nada acabado...assim é bom. vou com o rio. eu quero é navegar e descobrir.aqui pode ser o lugar. ainda não sei.

beijos
della
 
Della, um dia sobrou de uma mudança, um caixote de livros que não havia lugar para arrumar, tinha eu 10 anos. Devorei-os. O pai não se importou. Num deles, era António Machado, estava escrito:

Caminante, son tus huellas
el camino y nada más;
caminante, no hay camino,
se hace camino al andar.

Al andar se hace camino
y al volver la vista atrás
se ve la senda que nunca
se ha de volver a pisar.
Caminante, no hay camino
sino estelas en el mar...

Todo pasa y todo queda,
pero lo nuestro es pasar,
pasar haciendo caminos,
caminos sobre el mar.


Faz o teu caminho.

Beijo.

:)
 
Muito boa sequência de fotos e texto, a nossa floresta está mesmo em desespero a sucumbir à ganância e estupidez do ser humano.

Beijinhos.
 
weg

voltei...
tenho uma forte atração pelo fogo, visualmente pra mim, ele é, quando manifestado, belissimo. Mas hoje descobri que tanto quanto ve-lo , eu adoro ouvir seu som...
incrível!!!

camino...com certeza.

obrigada

beijos carinhosos

della
 
li.

sempre acreditei que só passando a mensagem aos filhos sobra a esperança. em mais nada. Claro que o texto impressiona.

bom dia para ti
 
Dói na carne essa destruição das árvores, da terra. Só podemos tentar que, para os nossos filhos, seja diferente. E que eles tomem consciência disso. **
 
Beckett, disse qualquer coisa parecida com isto, “ o pior crime da Humanidade foi ter nascido “, e eu nasci humano!...
Bem hajas pelo que nos dás.
 
vim aqui deixar-te um beijinho ;

estive a ler-te e em muitas coisas tu és isso mesmo: mãe

até já

alice
 
Passei para te dar um beijinho...o texto comentarei com mais calma...
 
vergo-me à clarividência de um belíssimo texto
.
.
.
apetece-me ,pela primeira vez ,ser adulta
.
.
fazer-te uma vénia e dizer
.
aqui reencontro ,diariamente ,o [desas]sossego da minha Língua Mãe
.
grata
.
amanhã virei colher um novo cacho de uvas maduras
 
o crepitar do fogo foi embalo feroz na leitura do texto...
parabéns
 
O fogo...Adorei!
Também no texto, também em ti!
Sempre.
Inimitável, minha amiga!
Bjs
 
Nomeio todos mas, perdoem que agradeça em bloco, que o tempo hoje é escasso e céus! é sexta feira. :)

Della, Vida, Teresa Durães, Vida de Vidro, Lince, Mago, Al-jib, Impressãodihgital e Girassol - muito obrigada a todos. É um prazer ter-vos como leitores das coisas soltas que me surgem de caminho, sem linha condutora, sem estilo, sem nada de grandioso para dizer. Coisas do dia a dia. Mas é aí que vivo e daí falo. Do meu irreal-real quotidiano.

Tenham um bom fim de semana todos e os demais que passam em silêncio.

Beijos.
 
A Ave voou por aqui dentro. Hum... weg deve estar a dormir na pedra.. shuuuuu... deverei dizer boa tarde? Trina

Boa tarde!

a Ave sai depressa pois a weg pode acordar mal disposta. Afinal estava mesmo a dormir sossegada!
 
Boa tarde, aceleradinha! :)

Tivesses tu poisado um pouco...

Bj
 
fogo
tanto tem de bom, como tem de mal
o homem

a natureza

gostei

:)
 
Olá um outro olhar, estás a fazer uma maratona no de caminho. Obrigada.

:D

Bj
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Divulgue o seu blog!

Estou no Blog.com.pt

blogwise

Creative Commons License
Esta obra está¡ licenciada sob uma Licença Creative Commons.